No post anterior , falei sobre o “Caos” que a minha vida tinha ficado, mas claro que não poderia deixar ele tomar conta de tudo, e tive que a duras penas tomar as rédeas e fazer com que aquela situação fosse a menos impactante possível, e comecei a avaliar por onde eu começaria as mudanças e como encontrar respostas para tudo aquilo que estava acontecendo comigo.

Não foi muito fácil pois a Ansiedade estava me dominando e não encontrava forças pra continuar. Meu trabalho tomava muito tempo do meu dia e da minha semana, e mesmo sendo proibida pelos médicos de continuar, continuei a atender freneticamente.

Tudo começou em abril de 2015  e em agosto mesmo com crises de alergia e ansiedade eu não parava de trabalhar, até que em agosto depois de 12 horas de trabalho, eu precisava ir a mercado, peguei a chave do carro , e como se alguém assoprasse no meu ouvido um :- Hey! vá a pé… é melhor… Resolvi ouvir aquela voz e fui a pé, e a um quarteirão da minha casa me senti mal e desmaiei… quando acordei senti uma dor forte na minha mão esquerda,e chegando ao hospital uma noticia não muito boa… havia quebrado em 2 lugares meu pulso (imaginem se eu tivesse ido de carro…talvez não seria só o pulso não é?)  . Com isso 2 meses sem poder trabalhar! Isto é o que estava escrito no atestado médico…

Em 4 meses protelei as questões sobre as mudanças na minha vida, e claro que de um jeito ou de outro realmente eu tinha que rever como lidar com ela.

E somente quando PAREI de fato é que comecei a prestar atenção em tudo que estava acontecendo com meu corpo.

Fui obrigada a parar, e as sensações de mal estar ainda estavam indo e vindo, eu ainda tinha crises de ansiedade e alergia, minhas visitas ao pronto socorro e à consultas médicas eram quase que diariamente.

Comecei a pesquisar sobre alergia, ansiedade, e tudo que eu estava sentindo, eu me empenhava para entender e achar soluções.

Foram 4 meses de fisioterapia depois que tirei o gesso, então nestes 6 meses tive muito tempo pra ficar comigo mesma e tentar entender o que meu corpo queria me dizer…

Confesso que no meio do turbilhão eu não estava tendo discernimento, mas aos poucos as coisas começaram a ir se encaminhando.

Para as alergias :- Reeducação alimentar foi essencial e vital!

Para a ansiedade:- Meditação, yoga, introspecção e auto conhecimento me deixavam mais calma e serena, claro que nesta época tive acompanhamento psicológico e recomendo

Para meu interior:- Auto análise sobre a minha vida , meus sonhos e desejos e coragem para realização

 

Para a depressão:- Me ocupar com novos projetos, auto estima elevada, alegria e sorrisos, e cuidar das minhas plantas

Para a alma:- muita oração, fé, perdão e gratidão.

Para meu corpo:- práticas saudáveis, exercícios , caminhada

Com tudo isso sendo colocado em prática comecei a perceber um novo sentido para minha vida.

Entendi que as coisas não deveriam ser mais como eram.

Tudo deveria ter um novo olhar, um novo sentido, e valer a pena pra mim.

Não me importar muito com os outros , mas sim comigo!

Fazer as minhas escolhas, ser livre para ser quem eu era e ponto final.

E com estas transformações , sem querer, percebi que eu estava ajudando outras pessoas também.

E em uma conversa com a minha psicóloga percebi que era o momento de realizar um sonho que há mais de 30 anos estava guardado em um lugar bem escondido dentro do meu coração.

Este sonho era o ” Fridokas Clube”. Um lugar onde as mulheres pudessem se reconectar com elas mesmas, um lugar onde houvesse muita informação sobre o universo feminino e tantos outros assuntos interessantes e relevantes. E fiquei 2016 inteiro pesquisando, criando e desenvolvendo uma plataforma on line onde levaria tudo isso para muita gente… Aconteceu e foi lindo… ( mas isso é uma outra história também…)

Me ocupar neste projeto mesmo que solitária, me deu muita força para continuar os meus dias com crises de ansiedade e mal estar devido às reações alérgicas.

É 2015 e 2016 não foi nada fácil pra mim… Mas foram os anos mais importantes da minha vida:- pois RENASCI!

No próximo post vou falar um pouco sobre Motivação, Realização, Procrastinação e AÇÃO!

 

Beijos

 

Marta Rentes